Pular para o conteúdo principal

7 DICAS ESSENCIAS PARA AJUDAR O SEU FILHO A DORMIR SOZINHO

Com esses passos, suas noites serão mais tranquilas

A gente sabe que fazer com que o nosso filho durma sozinho em seu quarto não é uma tarefa fácil. Podem ocorrer cenas de choro e manha que tornam a hora de dormir muito estressante. Por isso, selecionamos 7 dicas da revista norte-americana “Parents” que vão te ajudar nesse momento.

1. Elimine distrações

Remova televisões, computadores e outros aparelhos eletrônicos do quarto do seu filho para criar um ambiente que o induza ao sono. “O estímulo associado ao ato de assistir a TV ou jogar video games e a luz do computador e da tela criam empecilhos no caminho para o sono,” diz Judith Owens, co-atora do livro ‘Assumindo o controle do sono de seus filhos” (em tradução livre).

“Certamente, uma luz fraca, é aceitável para as crianças que precisam delas.”

2. Estabeleça uma rotina de ir para cama
 Tomar um banho morno, colocar pijama, escovar os dentes e ler uma boa história são hábitos regulares que ajudam a deixar os pequenos mais seguros sobre o fato de estarem indo para a cama. Essa previsibilidade “prepara as crianças psicologicamente e reduz a ansiedade noturna,” diz Judith.

“Isso diminui os níveis de estresse e cria uma série de etapas para que a criança consiga antecipar e saiba lidar com a hora de dormir.”

3. Diminua a sua presença em cena

Deixe o quarto antes do seu filho dormir para que ele “não dependa da presença dos pais no ambiente,” afirma Judith. Se você permanece no quarto, não deite na cama ou interaja com ele. Mantenha distância da cama todas as noites enquanto ele cai no sono para, gradualmente, reduzir a dependência dele em você.

4. Estabeleça um senso de segurança
O pensamento de um monstro escondido debaixo da cama pode deixar o seu filho com os olhos bem arregalados em um momento em que eles deveriam estar bem fechados. Facilite a transição do acordar para o dormir – e acalme os medos dele com assuntos reconfortantes como animais de pelúcia, cobertores… “Faça com que haja um outro foco para esse momento, tranquilizando o seu filho,” afirma Judith.

5. Seja consistente

Se o seu filho aparece na sua cama no meio da noite, acompanhe-o de volta ao seu quarto sem muita interação. Simplesmente diga: “você precisa ficar na sua cama.” É importante ser firme sobre o retorno do seu filho em sua respectiva cama toda vez que isso acontece. Se você não faz isso, ensinará que a persistência dele é o caminho certo.
6. Repare os bons comportamentos
E ignore comportamentos indesejáveis como o choro. Depois de uma boa noite de sono, deixe o seu pequeno escolher algum item do café da manhã ou colocar o acessório que desejar na manhã seguinte. “Isso os ajuda a associar o bom comportamento a algo bom como consequência.

7. Espere para verificar se a criança dormiu

Muitos pais preferem colocar o seu filho na cama e dizem que vão voltar para checar depois. Mantenha a sua promessa, mas espere por intervalos de tempo sucessivamente mais longos. A ideia é de que ele durma durante um desses intervalos. Judith sugere que começar com 5 a 10 minutos de espera. Se você voltar em menos de 5 minutos, ele provavelmente estará acordado. Ao te ver, dificilmente vai querer ficar no quarto sozinho.
Fonte: Pais & Filhos

Postagens mais visitadas deste blog

DORES NO PÉ DA BARRIGA PODE SER UMA GRAVIDEZ ?

DORES FORTES NO PÉ DA BARRIGA, O QUE SERÁ? Sim, dores no pé da barriga pode ser gravidez. Porém, as famosas dores no “pé” da barriga ou baixo ventre, podem ter outros motivos além de ser um dos indícios de que uma gestação está em andamento. As dores ou mesmo as cólicas podem aparecer após a ovulação e também em outras situações como a TPM por exemplo.

COM QUANTOS MESES A BARRIGA COMEÇA A APARECER

TEMPO QUE A BARRIGA DA GESTANTE COMEÇA A SE DESENVOLVER Ah, mas quando a gente pega o positivo já começa a acarinhar a barriga! Ainda não tem nada ali que dê para ver, mas parece que estamos no final da gestação de tanto orgulho que estamos nesta nova fase. Ficamos horas nos analisando no espelho e nos perguntando sempre, quando a barriga começa a aparecer na gravidez?

COMO O PAI PODE PARTICIPAR DA MATERNIDADE

AUXILINDO A MÃE DEPOIS DO PARTO Logo após o parto, é bem comum a maioria dos homens, ficar mais afastado do filho e da mãe. Ele se sente excluído e acredita que esse momento deve ser reservado apenas entre a mãe e o filho.
O pai não vê momento nenhum em que ele possa se encaixar, até porque a criança mama e dorme muito no início.