Pular para o conteúdo principal

VOCÊ CUIDA BEM DA PELE DO SEU BEBÊ? ATENÇÃO ÀS DOBRINHAS E OUTRAS 5 DICAS ESSENCIAIS

CUIDADOS COM A PELE DO BEBÊ


Quando o assunto é a pele do bebê, todo cuidado é pouco, já que ela é mais sensível e propensa a ressecamento e irritações do que a dos adultos. Afinal, ninguém quer que aquela dobrinha que passou despercebida asse e cause um desconforto enorme no pequeno, né?
Para evitar esse e outros tipos de problemas, alguns cuidados são essenciais. Confira algumas dicas para manter a pele do seu bebê sempre hidratada e protegida.

1. Atenção às dobrinhas

Na hora de prevenir o pequeno das assaduras, é comum que as mães se preocupem muito com o bumbum e as dobrinhas da virilha. Porém, vale lembrar que as dobrinhas em outras partes do corpo, como braços e barriga, também podem assar e incomodar muito o seu bebê.
Nesses casos, para prevenir ou tratar as assaduras, o recomendado é que a mãe faça a troca de fralda ainda com mais frequência, além de nunca se esquecer de secar bem e aplicar o creme preventivo de assaduras em todas as dobrinhas do corpo do bebê.

2. Use produtos específicos para bebês

A pele do bebê é mais sensível e, consequentemente, mais vulnerável a alergias, irritações e mudanças de clima, por isso, usar produtos específicos para a pele do pequeno faz toda a diferença. Os produtos próprios para bebês são dermatológicamente testados, feitos de acordo com o pH da criança, que é mais ácido, e possuem os componentes adequados para ajudar a pele do seu filho a manter a umidade e ficar sempre saudável. No caso de recém-nascidos, que ainda possuem a pele bem sensível, é aconselhável optar por produtos neutros e sem perfume.

3. Controle o tempo do banho

Por mais que alguns bebês adorem ficar na água, não é aconselhável deixar o recém-nascido no banho por muito tempo, já que o excesso e a temperatura da água podem fazer com que a pele do pequeno resseque.
O ideal é que a temperatura do banho esteja entre os 37°C e que ele dure em torno 5 minutos para bebês com menos de um ano em um local livre de correntes de ar.

4. Hidrate em dobro

A pele do bebê, além de perder a umidade com mais facilidade, é naturalmente mais fina e sensível e, por isso, precisa de muita hidratação para evitar ressecamentos, descamação, rachaduras ou até possíveis inflamações.
Apesar do receio de muitas mães, o ideal é aplicar um hidratante corporal específico para bebês em todo o corpo do pequeno, logo após o banho, massageando de forma bem suave.

5. Seque suavemente

A hora de secar o bebê também precisa de cuidados. Assim que o bebê sair da água, o correto é envolvê-lo imediatamente por uma toalha seca de algodão e secá-lo no banheiro mesmo, para evitar que ele pegue qualquer golpe de ar. Para evitar irritações, jamais esfregue o corpo do pequeno ou pressione a toalha com força.
Nesses casos, a melhor maneira é secá-lo com leves toques e vesti-lo rapidamente para evitar que ele perca a temperatura.

6. Proteja-o do sol

Evite expor o bebê à luz direta do sol, pois a pele da criança é mais sensível e pode sofrer queimaduras com mais facilidade. Ao sair ao ar livre, para bebês acima de seis meses, lembre-se de aplicar um protetor solar específico para crianças. Caso contrário, aposte em roupas com FPS e tenha sempre um chapéu para proteger a cabeça do pequeno. Além disso, é importante tentar fugir do sol entre às 10h e 16h horas, que é quando os raios solares estão mais intensos.

Deixe seu comentário ou sugestão e compartilhe nas redes sociais.

*Fonte: Vix

Postagens mais visitadas deste blog

DORES NO PÉ DA BARRIGA PODE SER UMA GRAVIDEZ ?

DORES FORTES NO PÉ DA BARRIGA, O QUE SERÁ? Sim, dores no pé da barriga pode ser gravidez. Porém, as famosas dores no “pé” da barriga ou baixo ventre, podem ter outros motivos além de ser um dos indícios de que uma gestação está em andamento. As dores ou mesmo as cólicas podem aparecer após a ovulação e também em outras situações como a TPM por exemplo.

COM QUANTOS MESES A BARRIGA COMEÇA A APARECER

TEMPO QUE A BARRIGA DA GESTANTE COMEÇA A SE DESENVOLVER Ah, mas quando a gente pega o positivo já começa a acarinhar a barriga! Ainda não tem nada ali que dê para ver, mas parece que estamos no final da gestação de tanto orgulho que estamos nesta nova fase. Ficamos horas nos analisando no espelho e nos perguntando sempre, quando a barriga começa a aparecer na gravidez?

COMO O PAI PODE PARTICIPAR DA MATERNIDADE

AUXILINDO A MÃE DEPOIS DO PARTO Logo após o parto, é bem comum a maioria dos homens, ficar mais afastado do filho e da mãe. Ele se sente excluído e acredita que esse momento deve ser reservado apenas entre a mãe e o filho.
O pai não vê momento nenhum em que ele possa se encaixar, até porque a criança mama e dorme muito no início.