Pular para o conteúdo principal

COMO O PAI PODE PARTICIPAR DA MATERNIDADE

AUXILINDO A MÃE DEPOIS DO PARTO

Logo após o parto, é bem comum a maioria dos homens, ficar mais afastado do filho e da mãe. Ele se sente excluído e acredita que esse momento deve ser reservado apenas entre a mãe e o filho.
O pai não vê momento nenhum em que ele possa se encaixar, até porque a criança mama e dorme muito no início.
Mais isso não deve ser visto com esses olhos, pelo contrário esse momento é dos pais e principalmente do bebê, então não precisa ser encarado dessa forma.
A primeira atitude a ser tomada é mostrar a ele (pai), que ele tem livre acesso ao bebê, assim como a mãe; Muitos julgam pela aparência, em questão de o homem ser (grosseiro nas atitudes, sem delicadeza,etc.) e por ele ser assim as mães preferem deixá-lo de lado, porém elas precisam saber de que eles também devem participar da paternidade.
O bebê precisa entender qual é a figura paterna e qual e a materna, e você que é mãe precisa deixar o pai do seu filho agir com mais liberdade.
Atitudes que os pais podem tomar para que sejam mais participativos nos primeiros meses do bebê.
  • Já de início a participação dele deve ser feita desde o filho no ventre da mãe, acompanhando nas consultas, escolha do nome do bebê, compra do enxoval,etc.
  • Participando do parto, tanto parto normal ou mesmo uma cesariana.
  • Tire a licença-paternidade e curta os primeiros momentos, principalmente para se dedicar ao bebê e a mãe. 
  • Mesmo que ele não dê o banho do bebê ainda, por achar a criança meio frágil, ele pode ajudar, carregando a água do banho, troca de fraldas ou até mesmo na troca das roupas.
  • Acompanhar durante a amamentação. Auxiliando na hora e depois das mamadas, colocando o bebê para arrotar.
  • Tentar acalmar o filho na hora de dormir.
  • Fazer massagem nos momentos em que o bebê sente cólica; 
  • Ajudar nas tarefas gerais da casa.
  • Ajudar a esposa levantando a sua autoestima, nessa fase a mulher está com autoestima bem baixa, nada como a elogiar bastante (você é linda, eu te amo, você me deu o melhor presente, amos vocês dois, etc.)
  • Aproveitar o sol da manhã para passear com o bebê.
  • Conversar com o bebê, fazer brincadeiras.

Deixe seu comentário ou sugestão e compartilhe nas redes sociais.

Postagens mais visitadas deste blog

DORES NO PÉ DA BARRIGA PODE SER UMA GRAVIDEZ ?

DORES FORTES NO PÉ DA BARRIGA, O QUE SERÁ? Sim, dores no pé da barriga pode ser gravidez. Porém, as famosas dores no “pé” da barriga ou baixo ventre, podem ter outros motivos além de ser um dos indícios de que uma gestação está em andamento. As dores ou mesmo as cólicas podem aparecer após a ovulação e também em outras situações como a TPM por exemplo.

COM QUANTOS MESES A BARRIGA COMEÇA A APARECER

TEMPO QUE A BARRIGA DA GESTANTE COMEÇA A SE DESENVOLVER Ah, mas quando a gente pega o positivo já começa a acarinhar a barriga! Ainda não tem nada ali que dê para ver, mas parece que estamos no final da gestação de tanto orgulho que estamos nesta nova fase. Ficamos horas nos analisando no espelho e nos perguntando sempre, quando a barriga começa a aparecer na gravidez?